One Piece Wiki
Advertisement
One Piece Wiki
4 651
páginas

O Reino de Alabasta é um reino do deserto no paraíso. Foi a quarta ilha que os Piratas do Chapéu de Palha visitaram na Grand Line, e os eventos aqui resultaram no aumento da recompensa de Luffy para Bsymbol.gif100.000.000, e Zoro adquirindo uma recompensa de Bsymbol.gif60.000.000. É onde o poneglyph que mostra a localização de Pluton está localizado,[2] e é um dos vinte países fundadores do Governo Mundial.[3]

Informações Gerais

Alabasta é um reino estabelecido com uma longa história. Está localizado na Ilha Sandy (サンディアイランド Sandi Airando?), aproximadamente no meio da primeira parte da Grand Line. A Ilha Sandy é uma Ilha de Verão. É sem dúvida uma das maiores ilhas que os Chapéus de Palha visitaram na Grand Line, contendo várias cidades, vilarejos e um rio enorme.

Informações do Reino

Arquitetura

A arquitetura de Alabasta é muito semelhante aos edifícios do Oriente Médio e dos mouros. No entanto, os estilos variam entre as cidades.

Alubarna

A capital de Alabasta possui edifícios simples e brancos. O palácio é grande e se assemelha à arquitetura de Enies Lobby, exceto que é mais colorido.

O plano da cidade de Alubarna é redondo e semelhante aos antigos planos de design do Iraque durante a era do califado Abássida. Devido às influências do Oriente Médio em Alabasta, é possível que a cidade de Alubarna seja projetada com base em Bagdá.

Yuba

A arquitetura de Yuba é de um modo geral, edifícios circulares. Todos os topos dos edifícios têm troncos finos. Após a prisão de Crocodile, muitas pessoas voltaram a Yuba para reconstruí-la.

Rainbase e Nanohana

Tanto Rainbase como Nanohana têm arquitetura semelhante, com o Rainbase lembrando uma cidade americana clássica do século XIX, com paredes brancas, semelhantes às de Alubarna. Nanohana é extremamente semelhante, mas o design parece mais próximo do de Alubarna, mas com edifícios mais altos.

Marcos e Cidades

Cidades

As cidades são locais centrais de encontro para os cidadãos de Alabasta. Alabasta é um país muito antigo; existem poucos oásis, mas onde eles existem, uma cidade provavelmente é construída em torno dela. Algumas cidades mais antigas estão agora em ruínas, enquanto outras ainda existem. O Deserto de Sandora é extremamente desolado e geralmente só é usado para viagens. As cidades são divididas ainda mais pelo Rio Sandora, que divide o país ao meio.

Alubarna

Alubarna é a capital de Alabasta e é rica em cultura. É uma cidade extremamente grande, em uma rocha enorme. As escadas são esculpidas e pavimentadas para entrada na cidade. É extremamente circular e possui uma torre do relógio e o Palácio Real de Alabasta. Nos arredores da cidade há o Túmulo dos Reis e uma floresta onde Zoro se perdeu.

A torre do relógio de Alubarna é um edifício extremamente alto, semelhante ao Big Ben na Inglaterra. Há uma grande área aberta no topo da torre. O topo da torre do relógio só pode ser acessado a partir das escadas no piso inferior, e subir as escadas do edifício em que repousa não o levará a lugar algum. Na época, Crocodile planejava lançar uma bomba a partir daí, devido ao grande espaço aberto e à proximidade da Praça da Cidade Central. A Praça é uma grande área circular onde as pessoas podem se encontrar. Ela reside nos arredores do Palácio Real de Alabasta. O primeiro e último confronto entre o Exército Rebelde e o Exército Real de Alabasta ocorreu aqui, no clímax do Arco Alabasta.

Nanohana

Nanohana é uma cidade portuária no sudeste de Alabasta. É a cidade portuária central e lida com o maior número de importações e exportações em toda Alabasta que vai para o exterior.[5] É famosa por seu perfume, que é muito picante para aqueles que não estão acostumados. Nanohana é a "Pequena Flor" de Alabasta. Nano é uma palavra em inglês para "muito pequeno" e "hana" é a palavra em japonês para "flor". Isso possivelmente sugere que a cidade pode ter muitas culturas dentro dela.

Yuba

Yuba é uma cidade pequena, com apenas 8 a 10 anos de idade. Foi iniciada por Toto e seu filho, Koza. Ela tem um design muito original, com sujeira como estilo de arquitetura. Esta cidade foi abandonada (exceto por Toto) depois que muitas tempestades de areia chegaram. O Exército Rebelde se mudou depois disso para Katorea. Após os eventos da derrota de Crocodile, a maioria das pessoas foi a Yuba e tentou reconstruí-la.

Erumalu

Erumalu é uma cidade antiga. Era conhecida como a Cidade Verde, mas agora está toda em ruínas. A própria cidade reside em uma região que carece de grandes quantidades de chuva.

Rainbase

Rainbase é uma das poucas cidades prósperas que restam. O cassino, Rain Dinners está aqui, e abaixo dele está a base de Crocodile. É um edifício em forma de pirâmide, que parece um cassino normal e funciona como um. Nos bastidores, Crocodile estava secretamente conspirando contra o Rei.

Katorea

Katorea é uma cidade vista muito brevemente. Fica a nordeste de Nanohana, a uma curta distância. A única visão mostrada é em uma cena filler em que Chopper acidentalmente adormece nas costas de uma caravana e viaja até lá, onde ele encontra Matsuge, o camelo. Enquanto Nanohana é a cidade famosa por seu perfume, Katorea é onde o perfume é feito.

Ido

Ido é uma cidade apenas do anime. Esta cidade foi visitada por um grupo de vigaristas liderados por Camus que foram lá para aproveitar a cidade e obter comida de graça enquanto posavam como homens do Exército Rebelde.

Tamarisk

Tamarisk é uma cidade localizada em Alabasta. É aqui que Hina chegou em Alabasta.

Marcos

Os marcos são lugares memoráveis ​​em torno de Alabasta.

Deserto de Sandora

O Deserto de Sandora é um grande deserto que compõe a maior parte da terra de Alabasta que não é habitada perto oásis.

Rio de Sandora 

O Rio Sandora é um grande rio que atravessa Alabasta, da direita para o centro.

Tumba dos Reis

O Túmulo dos Reis é o túmulo real, onde os membros da família real estão enterrados. É apenas dentro de Alubarna, localizado no subsolo abaixo dos túmulos comuns, e acessado através de uma escada secreta. Foi destruído por Nefertari Cobra em uma tentativa de matar Crocodile.

Simbolo de Alabasta

Alabasta Simbol.png

O símbolo de Alabasta é um sol que consiste em um círculo com 8 formas curvas de queda em torno dele. Foi revelado pela primeira vez no capítulo 130. Quando Vivi lê sobre a guerra no jornal de Alabasta, um flashback da bandeira do reino sendo queimado é mostrada. A bandeira carrega o sinal do sol. O escudo de um soldado Alabasta no Capítulo 182 também mostra este símbolo.

Além disso, ele é visto nas mangas do sobretudo de Sanji e no ventilador de Igaram quando ele disfarçado de Vivi (embora este último apenas tem 5 formas ao redor do círculo).

Cidadãos

[v · e · ?]
Alabasta
Nefertari Cobra Titi  Nefertari Vivi
Guardas Reais e Staff do Palácio
Igaram Chaka Pell Terracotta Ho
Maidy Kohza Hyota  Brahm  Arrow 
Barrel 
Carue Stomp Ivan X Cowboy Bourbon Jr.
Kentauros Hikoichi Eyelashes
Outros Cidadãos
Toto Aswa * Farafra Erik Kebi
Okame Natto * Kappa Scissors Yoshimoto
Ultraking Koala Mercenaries Potsun Agotogi Banchi
Crocodile  Paula  Goro  Kamonegi  Camus 
Mayor of Ido 
Badland 
Scorpion Dip Chip Popo
[v · e · ?]
Piratas Barbar
Barbarossa Rasa Zaba

  •  : o personagem está morto.
  •  *: o estado do personagem é desconhecido. Pairando o símbolo pode dar mais detalhes.
  •  : o personagem é não-canônico.
  •  : o personagem não faz mais parte deste grupo. Pairando o símbolo pode dar mais detalhes.


Referências

  1. One Piece Mangá e Anime — Vol. 13 Capítulo 113 (p. 15) e Episódio 78, Alabasta é mencionada por Igaram.
  2. One Piece Mangá e Anime — Vol. 24 Capítulo 218 e Episódio 130, Nefertari Cobra afirma o que mostra o poneglyph na cripta.
  3. One Piece Mangá e Anime — Vol. 73 Capítulo 722 (p. 19) e Episódio 653, Donquixote Doflamingo menciona a família Nefertari entre os vinte reis fundadores.
  4. SBS One Piece Mangá — Vol. 24, População de Alabasta.
  5. One Piece Mangá e Anime — Vol. 17 Capítulo 155 (p. 2) e Episódio 92, Nanohana é visto pela primeira vez.

Navegação do Site

Alabasta
Habilidades
Artigos Relacionados
Advertisement