FANDOM



O Arco Arlong Park também conhecido como Arco do Arlong é o quinto arco da história da Saga East Blue. Depois de recrutarem Nami e conseguirem o Going Merry, recrutarem Roronoa Zoro, Usopp e, posteriormente, Sanji , partem (junto com Johnny e Yosaku) para a Vila Cocoyasi , cidade natal de Nami governada pelo tirânico Arlong. É aqui que os motivos verdadeiros de Nami virão á tona.

Resumo Editar

Johnny, Zoro e Usopp vão num bote até onde Nami abandonara o Going Merry, em frente a base dos homens-peixe no East Blue, o Arlong Park. Quando Johnny e Usopp vêem homens-peixe na costa, eles abandonam o bote com o Zoro preso lá dentro. Uns dois homens-peixe vão verificar o conteúdo do bote e encontram Zoro que é capturado pelos homens-peixe. Mais atrás, vinha Sanji, Luffy e Yosaku em outro bote, estes são atacados por um monstro da Grand Line, Mohmo, porém ele sofre um combo de chutes do Sanji e golpes baseados na Gomu Gomu no Mi e acaba sendo domado pelos Chapéu de Palha, que o usa para servir-lhes como motor e levam Luffy, Sanji e Yosaku mais rapidamente ao Arlong Park.

No Arlong Park, Arlong, o líder dos homens-peixe, que negociava com um corrupto capitão da marinha, Nezumi. Este recebia um pagamento especial do homem-peixe para não intervir militarmente nas operações criminosas de Arlong naquela ilha. Quando Nezumi vai embora,  Nami volta ao bando dos homens-peixe, mais rica (com o dinheiro dos Chapéu de Palha) e é bem recebida por Arlong e seus companheiros. Minutos mais tarde, uns homens-peixe chegam com Zoro capturado que logo vê Nami com Arlong e descobre que ela sempre foi uma traidora e membra deles. Zoro se joga ao mar para testar se Nami pularia na água para salvá-lo, já que não aguentava ver amigos morrerem na sua frente, Nami salva-o. Depois, Zoro é preso, mas secretamente Nami o liberta e manda ele ir embora da ilha.

Johnny e Usopp chegam a ilha por meio da destruída Vila de Gosa, quando mais homens-peixe aparecem, Johnny foge e Usopp é salvo por Nojiko, uma moradora do vilarejo vizinho, a Vila Cocoyashi.

Na casa de Nojiko, na Vila Cocoyashi,  Usopp aprende que Arlong dominou todos os vilarejos da ilha e exige altos impostos mensais para que os habitantes locais continuem vivos, assim Usopp se enfurece e vai ao centro da vila analisar a situação e vê Arlong que chega a Vila Cocoyashi para exigir um altíssimo pagamento por parte do prefeito Genzo devido ao seu porte ilegal de armas, como ele não podia pagar, Arlong resolve matá-lo, porém,  num raro ato de coragem,  Usopp atira algo em Arlong para salvar o prefeito, mas atrai a atenção do homem-peixe e é forçado a fugir, apesar de ser capturado posteriormente.

Ao invés de fugir como aconselhado por Nami, Zoro vê vários homens-peixe fracos e derrota todos. Zoro vai à porta do Arlong Park e vê o imediato do Arlong, Hatchan que acreditou que Zoro era um convidado honorável deles e levou o espadachim de bom grado à Vila Cocoyashi. Arlong volta a sua base e fica louco quando vê seus homens todos inconscientes e decide testar a lealdade de Nami mandando ela matar o prisioneiro Usopp. Nami finge que o mata com uma facada em seu coração e o derruba na água, por onde Usopp foge até a Vila cocoyashi, mas na verdade Nami atingiu sua própria mão e reconquistou a confiança dos homens-peixe.

Mohmo lança o bote de Luffy à região periférica da Vila Cocoyashi, onde também surgem Zoro e johnny, este dizendo que de longe viu Nami assassinar Usopp, porém o próprio aparece vivo lá também e garante que Nami salvou sua vida por pura compaixão. Nojiko també surge perante os Chapéu de Palha e resolve contar a história da Nami aos piratas, numa tentativa de convencê-los a irem embora, pois estavam atrapalhando os negócios de Nami.

A história da Nami é a seguinte: Ela era uma bebê órfã que foi achada junto de uma criancinha chamada Nojiko pela ex-marinheira Bellemere  que adotou ambas; certo dia o bando pirata do Arlong chegou a ilha e fez de lá sua base construindo inclusive seu forte, o Arlong Park, eles dominaram todas as vilas e exigiam altos impostos para todos, mas Bellèmere não podia pagar por ela e suas filhas adotivas, ela então paga o imposto das filhas, mas deixa que a matem, Genzo tenta impedir e se fere bastante; Arlong ainda captura Nami para ela ser sua navegadora e desenhar um mapa-mundi para ele, Nami entra no bando dos homens-peixe, mas faz um pacto com Arlong: enquanto ela viajasse pelos mares topografando cada ilha para seu mapa ela roubaria os piratas até juntar cem milhões de berries, para que com esse valor ela pudesse comprar a Vila cocoyashi de Arlong e assim libertá-la.

Após escutarem sobre o passado de Nami, os Chapéu de Palha decidem não irem embora e ficam para derrotar Arlong. Enquanto isso, Arlong pede a Nezumi que ele roube o dinheiro que a Nami vem juntando para não perdê-la nem a vila. Nezumi pega todo dinheiro na frente de Nami e o dá a Arlong, ficando com uma pequena fração da grana. Nami se enche de raiva e tenta se matar, mas Luffy aparece e a impede, prometendo que derrotará Arlong. O povo da Vila Cocoyashi soube do que Arlong fez a Nami e se rebela, pegando em armas e marchando contra o Arlong Park.

O povo é impedido de invadir o Arlong Park por Johnny e Yosaku que dizem que apenas os Chapéus de Palha poderiam derrotar os homens-peixe. Os piratas de Luffy chegam ao Arlong Park e garantem que os derrotarão. HatchanZoro e fica irritado por ter sido enganado por ele e duela contra o espadachim. Zoro usa seu estilo Santoryuu para enfrentar o Rokutoryuu de Hatchan e vence.  Arlong convoca  Mohmo para atacar Luffy, mas Luffy o joga de volta ao mar. Arlong joga Luffy em uma piscina e ele fica preso numa pedra se afogando, enquanto Genzo e Nojiko pulam na água para salvar Luffy. Sanji também pula na água e é atacado pelo homem-peixe Kuroobi, Sanji apanha feio na água,  mas quando retorna a superfície, derrota Kuroobi com uma sequência mortal de chutes. Usopp atraiu o homem-peixe Chew para a região externa do Arlong Park e incendeia o corpo de Chew, que quando consegue apagar o fogo é surpreendido pelas marteladas do Usopp e perde. Genzo e Nojiko libertam Luffy da água e ele inicia um grande duelo contra Arlong, em um dos golpes de Arlong, Luffy para no quarto de trabalho da Nami e destrói tudo, pois lá ela sofreu bastante, Nami fica bem feliz. Luffy não se satisfaz destruindo somente aquele quarto e destrói todo Arlong Park, cuja queda levou a derrota de Arlong.

Os Chapéus de Palha são levados  a Vila cocoyashi e tratam seus ferimentos, e percebem a urgência de terem um médico a bordo, apesar de Luffy preferir ter um músico. A noite foi de pura festa e comemoração por terem sido libertados do jugo dos homens-peixe. No dia seguinte, Nami acha Nezumi e bate nele, forçando-o a devolver o dinheiro que ele roubou dela para toda Vila Cocoyashi e a ajudar na reconstrução das vilas da ilha. Depois Nami parte com os Chapéu de Palha para a Grand Line.

Após seguir as restrições de Nami, Nezumi liga ao QG da Marinha e exige uma recompensa pela cabeça de Luffy, caracterizando-o como altamente perigoso. No QG, a alta cúpula da Marinha credita a Luffy as derrotas de Buggy em Orange Town, de Don Krieg no Baratie e de Arlong no próprio Arlong Park. Os marinheiros então,  põe uma recompensa de trinta milhões de berries pela cabeça de Luffy.

No dia seguinte, os Chapéu de Palha vêem a recompensa por Luffy no meio do oceano,  assim com o mundo inteiro agora,  incluindo Koby na Marinha e Dracule Mihawk em alguma parte do mar, mostra a recompensa de Monkey D. Luffy á Shanks que decide comemorar o feito.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.