FANDOM


 
Linha 1: Linha 1:
{{Chapter Box|title = Mulher Demônio|image = [[imagem:Chapter 9.png]]|vol = 2|chapter = 9|jname = 魔性の女|rname = Mashō no Onna|pname = Uma mulher diabólica|page = 211|date = 22 de Setembro 1997|anime = [[Episódio 5]]}}
+
{{Chapter Box|title = Mulher Demônio|image = [[imagem:Chapter 9.png]]|vol = 2|chapter = 9|jname = 魔性の女|rname = Mashō no Onna|pname = Uma mulher diabólica|page = 211|date = 22 de Setembro 1997|anime = [[Episódio 5]]}}O '''Capítulo 9''' é intitulado "''Mulher Demônio''".
O '''Capítulo 9''' é intitulado "''Mulher Demônio''".
 
   
 
== Capa ==
 
== Capa ==
Linha 14: Linha 14:
 
☀[http://pt.onepiece.wikia.com/wiki/Categoria:Os_Chap%C3%A9us_de_Palha_e_os_Animaiser tesouro a ser encontrado.
 
☀[http://pt.onepiece.wikia.com/wiki/Categoria:Os_Chap%C3%A9us_de_Palha_e_os_Animaiser tesouro a ser encontrado.
   
Nami está explicando para Luffy em uma casa em outro lugar quem Buggy é , e porque a cidade está vazia. Ela adverte a Luffy que Buggy gosta de usar seu canhão e que uma vez ele destruiu uma cidade inteira porque um menino fêz o divertimento de seu nariz. Nami se cansa de curto espaço atenção de Luffy e tendência a ignorá-la.
+
Nami está explicando para Luffy em uma casa em outro lugar quem Buggy é, e porque a cidade está vazia. Ela adverte a Luffy que Buggy gosta de usar seu canhão e que uma vez ele destruiu uma cidade inteira porque um menino zombou de seu nariz. Nami se cansa de curto espaço atenção de Luffy e tendência a ignorá-la.
   
 
Nami revela sua busca para comprar uma aldeia. Ela começa a falar sobre seu plano de que ela tem para o mapa [[Grand Line]] que ela roubou; ela vai lá e rouba todos os piratas famosos lá. Nami confirma que ela é uma navegadora e Luffy está animado com seu unindo em sua aventura; no entanto, quando ele lhe diz que é um pirata, ela muda de idéia. Nami ainda não entende o negócio com chapéu de palha de Luffy. Assim como Nami decidiu sair, ela de repente tem uma idéia. Ela concorda em se juntar a ele se ele vem com ela para ver Buggy. No entanto, ela leva uma corda com ela e como eles se aproximam de seu esconderijo, Nami Luffy amarra-se com ele.
 
Nami revela sua busca para comprar uma aldeia. Ela começa a falar sobre seu plano de que ela tem para o mapa [[Grand Line]] que ela roubou; ela vai lá e rouba todos os piratas famosos lá. Nami confirma que ela é uma navegadora e Luffy está animado com seu unindo em sua aventura; no entanto, quando ele lhe diz que é um pirata, ela muda de idéia. Nami ainda não entende o negócio com chapéu de palha de Luffy. Assim como Nami decidiu sair, ela de repente tem uma idéia. Ela concorda em se juntar a ele se ele vem com ela para ver Buggy. No entanto, ela leva uma corda com ela e como eles se aproximam de seu esconderijo, Nami Luffy amarra-se com ele.
Linha 22: Linha 22:
 
Em outra parte, [[Zoro]] chega depois de ser levado para a ilha onde Buggy está.
 
Em outra parte, [[Zoro]] chega depois de ser levado para a ilha onde Buggy está.
 
[[Categoria:Capítulos]]
 
[[Categoria:Capítulos]]
  +
[[Categoria:Capítulos do Arco Orange Town]]

Edição atual tal como às 00h48min de 24 de fevereiro de 2018

O Capítulo 9 é intitulado "Mulher Demônio".

Capa Editar

Os Chapéus de Palha e os Animais: Zoro está na parte traseira de uma vaca, enquanto ele limpa sua katana, e Luffy está pendurado em uma árvore.

Resumo Curto Editar

Nami tenta juntar-se a Luffy. Os Piratas do Buggy tentam encontrar o mapa que ela roubou, mas quando eles retornam para Buggy de mãos vazias ele sopra-se um deles. Nami leva Luffy para uma casa e ela lhe explica a situação e quem é Buggy. Luffy pergunta se ela quer se juntar a sua equipe: ela se recusa, e mesmo depois de Luffy explicar a ela porque seu chapéu de palha é um tesouro, Nami diz que a coisa que ela mais odeia são piratas. Eles saim de sua casa e vão procurar Buggy, mas Nami usa um de seus truques em Luffy, o amarra com uma corda, e leva-o para Buggy para mediar um acordo.

Resumo Longo Editar

Nami convida Luffy para acompanhá-la, afirmando ser uma ladra que rouba de piratas. Nami pergunta a Luffy o que é importante sobre o chapéu que o fez ficar louco quando a tripulação de Buggy tocou-o.

Em outros lugares, Buggy está lidando com um de seus membros da tripulação após Nami fugir. Buggy mishears ele, pensando que ele disse algo sobre seu nariz ser estranho. O homem é levantada para o ar através de poderes de Akuma no Mi de Buggy;ele ordena que o resto da tripulação coloque um canhão para o homem e disparem fogo. Com o homem morto por um tiro de canhão, Buggy ordena a todos para procurar a cidade pelo o ladrão e qualqu

☀[http://pt.onepiece.wikia.com/wiki/Categoria:Os_Chap%C3%A9us_de_Palha_e_os_Animaiser tesouro a ser encontrado.

Nami está explicando para Luffy em uma casa em outro lugar quem Buggy é, e porque a cidade está vazia. Ela adverte a Luffy que Buggy gosta de usar seu canhão e que uma vez ele destruiu uma cidade inteira porque um menino zombou de seu nariz. Nami se cansa de curto espaço atenção de Luffy e tendência a ignorá-la.

Nami revela sua busca para comprar uma aldeia. Ela começa a falar sobre seu plano de que ela tem para o mapa Grand Line que ela roubou; ela vai lá e rouba todos os piratas famosos lá. Nami confirma que ela é uma navegadora e Luffy está animado com seu unindo em sua aventura; no entanto, quando ele lhe diz que é um pirata, ela muda de idéia. Nami ainda não entende o negócio com chapéu de palha de Luffy. Assim como Nami decidiu sair, ela de repente tem uma idéia. Ela concorda em se juntar a ele se ele vem com ela para ver Buggy. No entanto, ela leva uma corda com ela e como eles se aproximam de seu esconderijo, Nami Luffy amarra-se com ele.

Buggy está dizendo fora de sua tripulação, que acreditam que estão prestes a serem mortos por não serem capazes de encontrar o ladrão que roubou seu mapa. Só então Nami e Luffy entram em cena, para surpresa de Buggy. Nami mãos mais de Luffy e decide fingir para se juntar a tripulação do Buggy, entregando o mapa que ela roubou.

Em outra parte, Zoro chega depois de ser levado para a ilha onde Buggy está.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.