FANDOM


"Um contra-ataque maciço! O Despertar de Doflamingo!" é o episódio 727 do anime One Piece que corresponde ao capítulo 785 do mangá .

Resumo Curto Editar

Zoro, Kinemon, e Kanjuro vão tentar impedir que a gaiola continue a destruindo Dressrosa , enquanto isso Luffy continua lutando contra o Doflamingo. No entanto, o Shichibukai revela que sua Akuma tem despertado , e ele domina a luta , transformando a o local da batalha em fios . Enquanto isso, as pessoas em Dressrosa continuam correndo da gaiola até chegar ao centro de Dressrosa , mas começam a perder a esperança. No entanto o Rei Riku lll deu-lhes esperança, revelando que apenas Doflamingo permaneceu de pé e que Luffy iria libertá-los.

Resumo Longo Editar

A batalha segue com Luffy e Doflamingo voando e no modo Gear Fourth o soco de Luffy acerta a cara de Doflamingo enviando-o para longe fazendo com que ele caia em vários edifícios e volte ao solo, e os cidadãos abaixo olham com admiração, decidem animar Luffy apesar de não saber quem ele é. No campo de flor, Cavendish admira a nova forma de Luffy com espanto dizendo que Luffy esta se sobressaindo na luta, mas Law diz que Luffy está usando muito Haki , confundindo Cavendish. No último andar do palácio, Jesus Burgess procura por Luffy e vê-lo saltar pela cidade. Koala, que se esconde atrás de uma pilha de escombros, lembra de Burgess lutando no coliseu e se pergunta o que ele quer com Luffy. Enquanto isso, Viola, Hack, e Usopp, atingiram a o Coliseu Corrida e Viola conversa com o Rei Riku lll. Riku pergunta se Doflamingo foi o único dos inimigos que sobrou e Viola confirma .

Nas ruas abaixo, Zoro corre em direção a Gaiola quando chegam em cima de uma um pardal feito pelo Kanjuro , Kin'emon e Kanjuro. Os samurais revelam que ele está indo na direção errada e dizem-lhe para subir no pardal, que está se esforçando para levar os dois samurais. Zoro sobe , e o pardal tem dificuldade par voar . Enquanto isso, a Gaiola chega na Fábrica de Smile , e Franky vê isso e diz que os tontattas que estão dentro evacuarem rapidamente. Como eles saem da fábrica, eles percebem que o Gaiola não é corta a fábrica, o que Franky percebe que é por causa que as paredes são feitas de Kairouseki , mas por outro lado esta sendo empurrada . Zoro e os samurais em seguida, chegam, e Franky diz-lhes que o centro da cidade é a outra maneira. No entanto, Roronoa revela sua intenção de parar a Gaiola, deixando os tontattas em reverência. Como os três espadachins voam para longe, Franky pensa sobre seu plano e tem uma ideia.

Enquanto isso, Luffy para no ar e olha para Doflamingo, que ainda está deitado no chão pensando sobre o Gear Fourth. Luffy decide terminar a batalha agora, a fim de evitar o uso excessivo do Gear Fourth , e Doflamingo se levanta e comenta que a forma do Mugiwara deve haver alguns riscos. Luffy retrai ambos os punhos em seus antebraços para desencadear um ataque poderoso, mas de repente DoFlamingo bloqueia por criar duas ondas de fios a partir do solo. Luffy está chocado com a súbita mudança de Doflamingo, e o Shichibukai revela que sua Akuma tem despertado, o que lhe permite transformar o seu entorno em fios. Doflamingo transforma mais e mais edifícios em fios e pressiona seu ataque contra o chapéu de palha, que comenta que isso faz com que o fruto de Doflamingo não parecer um Paramecia, e Luffy esta com dificuldade para passar pela cadeia de fios.

Os cidadãos de Dressrosa continuar a correr da Gaiola, mas aqueles que não são capazes de correr corretamente a gaiola a aproximar-se a eles, e uma mãe perdeu seu filho. Pessoas estão presas sob os escombros, e os médicos continuam pedindo ajuda as pessoas para colocar os pacientes para fora de um hospital, pedindo aos cidadãos para ajudar sem sucesso. Um homem decide sentar-se no chão, dando a esperança de que eles seriam salvos. De repente, o Riku transmite-se a toda a ilha. Ele lembra-los que a gaiola encolhendo não é um sonho, dizendo que eles haviam estado sob uma gaiola desde Doflamingo tinha tomado mais de dez anos atrás. No entanto, cada membro dos Piratas Donquixote exceto se Doflamingo foram derrotados, e Luffy foi lutando atualmente contra o Doflamingo. Riku diz aos cidadãos que seu pesadelo acabaria em breve, e exorta-os a continuar a correr a partir da gaiola não importa sua condição, como ainda havia esperança. Este galvanizou o povo, e os deficientes começaram a correr novamente, apesar de suas doenças. Os cidadãos, marinheiros e piratas igualmente começar a ajudar as pessoas livres de entulho e acarretando fora das pessoas hospitalizadas, sabendo que eles seriam salvos como Luffy continua sua batalha com Doflamingo.

Personagens em Ordem de Aparição Editar

Notas do Episódio Editar

  • O anime adiciona as seguintes cenas:
  • Quando Law afirma que Luffy está usando excessivamente o Haki, a reação de Cavendish foi mostrado.
  • Quando Viola informou seu pai que Doflamingo é o único inimigo restante, a reação de Tank Lepanto e os cidadãos próximos ao Rei Riku é mostrada.
  • Zoro indo na direção errada e sendo ajudado por Kin'emon e Kanjuro.
  • Inal perguntando a Franky porque a fábrica não estava sendo cortado em pedaços pela Gaiola. No mangá, Franky notou isso sozinho.
  • Um homem esmagado por uma rocha e uma mulher procurando por seu filho.
  • Após o discurso do Rei Riku, o anime mostra cenas de um marinheiro e um pirata ajudando um homem deficiente e os cidadãos de Dressrosa ajudando as pessoas em um hospital, bem como um homem preso sob os escombros.
  • Quando o menino com a camisa do Kuma se reúne com sua mãe, Issho não é visto perto deles como no mangá.
  • O anime mostra explicitamente Doflamingo transformando o seu entorno em fios através do contato físico. No mangá isso foi demonstrado ainda que ligeiramente cortado pela estrutura do painel.
  • O anime também mostra que Doflamingo precisa manter contato físico com uma área, a fim de transformá-lo em fios, pois quando seu pé perde o contato com o solo , o mesmo se torna solo novamente , algo que o mangá não mencionou explicitamente ou mostrou.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.