One Piece Wiki
Advertisement
Aviso.png
Aviso.png
Atenção! Este artigo tem SPOILERS do mangá de One Piece.

Para outros modelos desta fruta, veja Inu Inu no Mi (Desambiguação).

A Inu Inu no Mi, Modelo: Okuchi no Makami é uma Akuma no Mi do tipo Zoan Mítica que permite ao usuário se transformar em uma forma híbrida e completa de uma divindade lobo.[2] Foi acidentalmente comida por Yamato.

Segundo Kaidou, este lobo é a "Divindade Guardiã do País de Wano", o que torna esta Zoan particularmente valiosa.[2] Seu poder foi sugerido pela primeira vez durante o confronto de Yamato com Sasaki, quando Yamato mostrou brevemente suas presas,[1] mas seus poderes só foram completamente introduzidos quando Yamato enfrentou Kaidou no topo do Domo da Caveira.[3]

Etimologia

  • Inu (?) significa "cão" em japonês.
  • O "Ōkuchi-no-Magami" ou "Ōguchi-no-Makami" (大口真神? literalmente "Deus Verdadeiro da Boca Grande") é a deificação do já extinto lobo-japonês, que era venerado no Japão como um guardião dos humanos.

Forças e Fraquezas

Esta Akuma no Mi concede o poder de se transformar em uma forma híbrida e completa de um Okuchi no Makami - um lobo lendário que, segundo Kaidou, é a "Divindade Guardiã do País de Wano" (ワノ国の守り神 Wano Kuni no Mamorigami?).[2] Ao se transformar, o cabelo do usuário fica mais longo e bagunçado, com um rastro de chamas ao redor de seus ombros, além de crescer uma grande cauda.[3]

A transformação reforça muito as habilidades físicas do usuário e, como uma Zoan carnívora, presumivelmente confere instintos predatórios elevados, além de equipar o usuário com presas e garras bem adequadas para o combate. Mais especificamente, a forma lobo parece vir com um grande aumento de força física; no caso de Yamato, o aumento foi suficiente para permiti-la se chocar quase que uniformemente com Kaidou, um Yonkou, enquanto este último estava em sua forma de dragão-humano extremamente poderosa.[3][4][5][6]

Além disso, como as outras frutas do tipo Zoan Mítica, esta concede ao usuário ao menos uma habilidade especial: neste caso, o usuário torna-se capaz de criar gelo ou alguma substância parecida, que ele pode expelir como explosões de sua boca ou fazer aparecer de seu corpo.[7][8][9]

Nenhuma fraqueza é conhecida exceto as fraquezas padrão das Akuma no Mi.

Uso

Yamato utiliza o poder desta fruta em batalha. Em sua forma híbrida, ela foi capaz de lutar quase que em pé de igualdade com seu pai, Kaidou, enquanto este estava em sua forma híbrida de dragão, com o próprio Kaidou elogiando o nível de força dela. Yamato empunha seu kanabo também na forma híbrida, como ela faz na forma humana (semelhante ao Kaidou), o que aumenta suas capacidades de combate corpo a corpo.[3][4][5][6]

Yamato usa essa habilidade de criar gelo tanto para atacar, assoprando a substância[7] ou envolvendo seu porrete nela,[9] como para defender, revestindo seu próprio corpo em uma camada de gelo.[8]

Técnicas

Yamato usando Namuji Hyoga.

  • Namuji Hyoga (無侍ナムジ氷牙ヒョウガ Namuji Hyōga?, significa literalmente "Presa de Gelo Não-Samurai"): Uma técnica em que Yamato recua a cabeça para trás, respira fundo e depois expira abruptamente para frente uma explosão densa de gelo no alvo de sua escolha. Foi usada pela primeira vez por Yamato em sua forma híbrida contra Kaidou, no topo do Domo da Caveira. A técnica foi forte o suficiente para anular o "Bolo Breath" de Kaidou (usado por este em sua forma híbrida).[7] Namuji pode ser uma referência à divindade japonesa Ōkuninushi, que também é conhecida como "Ōnamuji".
  • Kagamiyama (鏡山 Kagamiyama?, literalmente significa "Montanha Espelhada"): Uma técnica defensiva em que Yamato se cobre totalmente com gelo, que inicialmente não pode ser distinguido de seu corpo. Se Yamato for atingida por um ataque inimigo, o revestimento absorverá o dano, tornando-se visível à medida que quebra como vidro, deixando-a ilesa. A técnica foi vista pela primeira vez após um choque de "Raimei Hakke" entre Yamato e Kaidou, com Yamato usando-a para evitar que se ferisse.[8] Kagamiyama (鏡山?), ou Monte Kagami, é o nome de uma montanha na Prefeitura Saga no Japão. Segundo uma antiga lenda, Matsu-ura Sayohime despediu-se de seu marido Ōtomo no Satehiko no alto das montanhas, e rezou tão intensamente por seu retorno que ela se transformou em pedra.

Yamato usando Himorogiri.

  • Himorogiri (氷諸斬り Himorogiri?, significa literalmente "Vários Cortes de Gelo"): Um movimento ofensivo em que Yamato, em sua forma híbrida, pula no ar e começa a girar verticalmente seu kanabo no lado esquerdo, fazendo um redemoinho de gelo se formar ao redor de sua arma. Com isso, ela consequentemente ataca seu inimigo de cima para baixo. Ao usar pela primeira vez este ataque contra Kaidou, ela bateu na parte de trás da cabeça dele e o derrubou, apesar de Kaido ter bloqueado com seu próprio porrete, o que acabou não lhe causando dano.[9] O nome do ataque é um trocadilho com himorogi (神籬? literalmente "cerca divina"), um termo Shintō que se refere a espaços sagrados/altares usados para o culto kami, consistindo em áreas quadradas demarcadas por bambu verde ou sakaki.

História

Kaidou afirma ter trabalhado duro para conseguir esta Akuma no Mi, e nunca pretendeu que ela fosse comida por sua filha. Apesar disso, em algum momento, Yamato se deparou com ela e, não conhecendo a natureza da fruta, a comeu por estar com fome, ganhando seus poderes. Por conta disso, Yamato perdeu a capacidade de nadar, o que diminuiu ainda mais suas chances de escapar de Onigashima por conta própria.[10]

Curiosidades

  • Esta é a segunda fruta da série Inu Inu no Mi que se baseia em uma espécie de lobo, com a primeira sendo a Zoan de lobo regular de Jabra. É também a segunda variante Mítica (canônica) da fruta Zoan do cão, sendo que a primeira foi introduzida no mesmo arco da história (sendo esta baseada em outro canino do folclore japonês).
  • O Ōkuchi-no-Magami — ou simplesmente Makami/Magami (真神?) — é a deificação do já extinto lobo-japonês, que era tradicionalmente venerado como uma besta sagrada no Japão, em lugares como a Província de Yamato. Durante séculos, o Makami foi considerado como uma divindade guardiã que entendia a linguagem humana e protegia os humanos da desgraça, de incêndios, roubo, de ter suas colheitas atacadas por animais, etc. Era uma figura folclórica bastante popular, mas a adoração aos Makami caiu em declínio com o rápido despovoamento de lobos japoneses após o período Edo, e durante a era Meiji, quando a caça sistemática ao lobo abateu a espécie até sua extinção no início de 1900. Hoje, o Makami é uma divindade relativamente obscura, embora permaneça consagrado em vários locais, como no Santuário Mitsumine, que tem quase 2000 anos, no Parque Nacional Chichibu Tama Kai.
    • Yamato possuir o poder desta fruta também pode fazer referência a um conto mitológico particular do século II d.C., sobre o lendário príncipe japonês da dinastia Yamato, Yamato Takeru. A história conta que um lobo branco encontrou o príncipe desesperado, que havia se perdido nas montanhas. Este lobo guiou o príncipe para fora das florestas profundas das montanhas, e assim salvou sua vida. Como agradecimento, o príncipe supostamente mandou construir muitos santuários em dedicação ao deus lobo das montanhas, incluindo o já mencionado Santuário Mitsumine em Chichibu, Saitama (a suposta localização das referidas montanhas).

Referências

  1. 1,0 1,1 One Piece Mangá — Vol. 99 Capítulo 996 (p. 6), Yamato é vista pela primeira vez ativando seus poderes de Akuma no Mi.
  2. 2,0 2,1 2,2 One Piece Mangá — Capítulo 1020 (p. 2), a fruta é nomeada, e o animal em que se baseia é identificado por Kaidou.
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 One Piece Mangá — Capítulo 1019 (p. 18-19), a força da fruta é exibida pela primeira vez em sua totalidade.
  4. 4,0 4,1 One Piece Mangá — Capítulo 1020 (p. 2-4), Yamato enfrenta Kaidou, com ambos em suas respectivas formas híbridas.
  5. 5,0 5,1 One Piece Mangá — Capítulo 1024 (p. 5-7, 16-17), Yamato continua enfrentando Kaido.
  6. 6,0 6,1 One Piece Mangá — Capítulo 1025 (p. 4-7, 13-15), Yamato continua a se chocar fisicamente contra Kaidou.
  7. 7,0 7,1 7,2 One Piece Mangá — Capítulo 1020 (p. 3-4), Yamato usa Namuji Hyoga contra o Bolo Breath de Kaidou.
  8. 8,0 8,1 8,2 One Piece Mangá — Capítulo 1025 (p. 3-4), Yamato usa Kagamiyama.
  9. 9,0 9,1 9,2 One Piece Mangá — Capítulo 1025 (p. 4-5), Yamato usa Himorogiri contra Kaidou.
  10. One Piece Mangá — Capítulo 1019 (p. 18), Kaidou e Yamato falam sobre a fruta e porque Yamato a comeu.

Links Externos

  • Makami: Artigo da Wikipédia (em japonês) sobre a criatura mítica que o usuário se transforma.
  • lobo-japonês: Artigo da Wikipédia sobre o lobo-japonês, no qual a criatura mítica é baseada.

Navegação do Site

Advertisement