One Piece Wiki
Advertisement
One Piece Wiki
4 655
páginas
Aviso.png
Aviso.png
Atenção! Este artigo tem SPOILERS do mangá de One Piece.

Kozuki Toki, conhecida anteriormente como Amatsuki Toki (天月トキ?), era a esposa do daimyo de Kuri, Kozuki Oden, e mãe de Momonosuke e Hiyori.[3]

Nascida cerca de 830 anos antes do enredo atual, ela passou seus primeiros 26 anos avançando no tempo com suas habilidades de Akuma no Mi.[2] Depois de saltar para 30 anos antes do presente, ela conheceu Oden e ficou com ele por 10 anos, até que ele foi executado e ela foi morta durante a destruição de Castelo Oden há 20 anos.[1][4]

Aparência

Aos 26 anos, Toki era uma mulher de tamanho médio, com longos cabelos escuros que eram retidos, com exceção de dois fios na frente. Ela usava uma flor com uma corrente de pérolas no lado direito do cabelo. Ela também usava um quimono curto com luas crescentes parecidas com o símbolo da Família Kozuki no fundo. Ela tinha uma forte semelhança com a filha.[2]

Personalidade

Toki era uma mulher amigável e carinhosa, pois ela cuidou de Oden quando ele chegou à praia na ilha em que ela estava, para recompensá-lo por espantar os traficantes de seres humanos. Sua simpatia poderia torná-la um tanto ingênua, pois ela acompanhava alguns traficantes de seres humanos com a impressão de que eles a levariam a Wano, embora ela conseguisse expor rapidamente suas intenções. Quando ela chegou aos 30 anos antes do presente, mostrou uma atitude animada sobre ir ao País de Wano.[2] Quando ela se casou com Oden, os retentores de Oden passaram a ter um enorme respeito por ela.[3]

Relações

Família

Kozuki Oden

Toki conheceu Oden quando ela foi confrontada por uma equipe de piratas liderada por Karma. Mais tarde, ela cuidou dele quando ele desmaiou devido a seus ferimentos. Logo depois, ela se juntou a Oden em suas aventuras com os Piratas do Barba Branca. Apesar de ser do passado, ela se casou com Oden e finalmente se estabeleceu com ele no País de Wano. Depois que Oden foi executado, Toki usou seus poderes da Akuma no Mi para enviar Momonosuke e quatro dos Nove Bainhas Vermelhas para o futuro, como uma chance de realizar o sonho de Oden de abrir as fronteiras do País de Wano, enquanto ela permaneceu para trás para encontrar seu fim, escolhendo se juntar ao o marido na vida após a morte.

Filhos

Toki amava seus filhos, pois quando os Piratas das Feras puseram fogo no Castelo Kuri para matar os últimos descendentes dos Kozuki, Toki segurou Momonosuke e Hiyori perto dela para mantê-los seguros. Momonosuke lamentou profundamente a morte de sua mãe, sendo levado às lágrimas ao recordar a morte de seus pais, enquanto Hiyori estava tão traumatizada que ela não falou por um longo tempo.

Piratas do Barba Branca

Ela conheceu Barba Branca um dia depois de conhecer Oden. Logo, ela pediu sua permissão para permanecer em seu navio, o que Barba Branca permitiu. No entanto, não se sabe se ela alguma vez se envolveu em pirataria enquanto viajava com a tripulação. Algum tempo depois, ela revelou sua idade e origem no passado, mas acabou sendo ridicularizada pela equipe.[2]

Nove Bainhas Vermelhas

Estou deixando Momonosuke sob seus cuidados.
— Toki confiando Momonosuke a Kin'emon.


Toki é profundamente respeitada pelos Nove Bainhas Vermelhas. Depois da morte de Oden, Kin'emon, Kanjuro, Raizo, Kikunojo e Kawamatsu enfrentaram o Castelo Kuri em chamas para resgatar ela e seus filhos. Quando Kin'emon declarou sua decisão de realizar a vontade de Oden derrubando Kaido e Orochi, além de abrir as fronteiras do País de Wano para o mundo, Toki sorriu em silenciosa gratidão e como um sinal final de confiança, ela confiou Momonosuke a Kin'emon e Hiyori para Kawamatsu antes de ser queimada até a morte.

Cidadãos do País de Wano

Toki também é muito respeitada pelos cidadãos do País de Wano, bem como pelos funcionários da Família Kozuki. Muitos samurais como Jibuemon confiam sinceramente em sua profecia sobre nove samurais que derrubariam Kaido e Orochi em vinte anos.

Habilidades e Poderes

Como esposa de Kozuki Oden, o daimyo de Kuri, Toki possuía uma quantidade considerável de status até que Oden fosse executado.[1]

Akuma no Mi

Mais Informações: Toki Toki no Mi

Toki comeu a Toki Toki no Mi, uma Akuma no Mi do tipo Paramecia que permitiu que ela enviasse a si mesmo[3] e aos outros para frente no tempo.[5]

Armas

Toki carregou uma katana e a retirou ao confrontar Karma e sua gangue, mas parecia não ter intenção de usá-la contra eles, pois ela planejava escapar viajando para o futuro; portanto, não está claro se ela possuía alguma habilidade de esgrima.[2]

História

Toki nasceu cerca de 830 anos antes dos dias atuais, que foi durante o Século Perdido. Depois de consumir a Toki Toki no Mi, ela viajou no tempo várias vezes. Ela chegou até 30 anos antes do presente e conheceu uma gangue liderada por Karma, que disse que a ajudaria a chegar ao País de Wano. No entanto, ela rapidamente percebeu que eles eram traficantes de seres humanos e os confrontou enquanto ela se preparava para escapar com a viagem no tempo. No entanto, a gangue de Karma fugiu depois de ver Kozuki Oden, a quem eles confundiram com um demônio do mar. Toki tratou as feridas de Oden e, no dia seguinte, eles foram confrontados por Karma e sua tripulação. No entanto, Karma foi derrotado por Barba Branca, que levou Toki e Oden a bordo de seu navio, onde navegaram pelo Novo Mundo ao lado dos Piratas do Barba Branca.[2]

Mais tarde, Toki se casaria com Oden, dando à luz um filho, Momonosuke, seguido por uma filha, Hiyori.[3] Toki alcançou seu objetivo de alcançar Wano quando sua família se estabeleceu lá.[2]

Há 20 anos, Oden foi trazido para a Capital das Flores e executado pelo shogun Kurozumi Orochi depois de deixar ilegalmente o País de Wano. Toki estava no Castelo Kuri com Momonosuke e Hiyori quando Kaido, que estava trabalhando com Orochi, o incendiou. Quando os retentores retornaram ao castelo, Toki usou seus poderes da Akuma no Mi para enviar Momonosuke e seus retentores 20 anos no futuro,[6] mas optou por ficar para trás e encontrar seu fim.[1]

Legado

Você é como a Lua que desconhece o amanhecer. Se há um desejo ardente que deve ser cumprido, será quando nove sombras forem tecidas juntas por vinte anos de noites de luar. Só então você entenderá o esplendor do amanhecer.
— Profecia de Toki[1]


Antes de sua morte, Toki fez uma profecia para o País de Wano que inspirou fortes esperanças nos antigos seguidores e retentores da Família Kozuki e um intenso medo em Kurozumi Orochi, que eles interpretaram que em vinte anos, nove samurais exigiriam vingança contra o Shogun Orochi em nome de Oden e abririam as fronteiras do País de Wano.[7]

Curiosidades

  • "Toki" é outro nome para a Íbis-do-japão que segue a tradição de Oda de nomear personagens femininos com nomes de pássaros. É também uma palavra japonesa para "tempo", combinando com o nome e a habilidade de sua Akuma no Mi.
  • O nome Amatsuki combina os kanji para "céu" (?) e "lua" (?).

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 One Piece Mangá e Anime — Vol. 91 Capítulo 919 (p. 8) e Episódio 909, Kyoshiro revela a profecia de Toki.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 One Piece Mangá — Vol. 95 Capítulo 964, Toki é vista totalmente pela primeira vez.
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 One Piece Mangá — Vol. 91 Capítulo 920 (p. 9), Kin'emon revela o passado de Toki.
  4. One Piece Mangá — Vol. 92 Capítulo 928 (p. 17), Momonosuke afirma que as pessoas testemunharam a morte de Toki.
  5. One Piece Mangá — Vol. 91 Capítulo 920 (p. 9-11).
  6. One Piece Mangá — Vol. 91 Capítulo 920 (p. 6-11).
  7. One Piece Mangá e Anime — Vol. 91 Capítulo 919 (p. 8-9) e Episódio 909.

Navegação do Site

Advertisement