FANDOM


Nobre é um status privilegiado pelo Estado, geralmente hereditário. Títulos de nobreza são geralmente associados a monarquias atuais ou antigas. O termo originalmente se referia àqueles que eram "conhecidos" ou "notáveis" e eram aplicados à classe social mais alta nas sociedades pré-modernas.

Nobres em One PieceEditar

Nobres não devem ser confundidos com Nobres Mundiais, pois os nobres são pessoas restritas a seus respectivos reinos, enquanto os Nobres Mundiais são pessoas que eram descendentes dos Vinte Reinos e vivem apenas em Mary Geoise cujo status nobre é universal.

A maioria dos nobres mostrados na série foram retratados como sem coração. Em particular, os nobres do Arquipélago Sabaody, que tinham medo de serem infectados depois que Hatchan foi baleado, e sem remorso pelo fato de ele estar ferido, assim como os nobres de Reino Goa decidiram queimar o Terminal Cinza e massacrar as pessoas que viviam lá, para tornar o reino lindo para o visitante Nobre Mundial, São Jalmack, na esperança de ser dado um avanço em seu status nobre. Eles também acreditam que os "plebeus" são tolos por razões fora de seu controle, uma afirmação chave onde um pai disse à filha que eles eram lixo e tolos porque não nasceram como nobres, alegando que eram estúpidos por não "escolher nascer nobre". Todos os nobres com tal atitude demonstraram ser muito covardes, onde, apesar de sua reputação assustadora, freqüentemente se acovardam diante de qualquer ameaça de violência física. Eles também parecem acreditar que as pessoas só estão interessadas em dinheiro, muitas vezes subornando ou sugerindo dinheiro como uma forma de defesa e, se isso não der certo, sugerir as conseqüências que os danos causariam, e acreditam que uma pessoa é insana se não aceitar o dinheiro ou ameaça. Em outras palavras,

No entanto, é mostrado por Sabo que algumas pessoas nascidas na nobreza nem sempre herdam essa atitude sem coração, pois Sabo rejeitou completamente seu status nobre e até se envergonhou de ter nascido nobre após a queima do Terminal Cinza. O próprio Sabo mais tarde escolheria se juntar ao Exército Revolucionário após ser salvo por Monkey D. Dragon e apesar de sua amnésia, ele rejeitou o retorno à sua família depois que Dragon o informou de sua identidade como um nobre. Sabo acabaria se tornando o chefe do estado-maior do exército e o segundo em comando de Dragon, tornando-se um inimigo do governo mundial.

Um nobre torna-se um verdadeiro nobre aos dezoito anos.

O País de Wano têm sua própria classe de nobreza, conhecido como "Daimyo" (大名 Daimyō?, literalmente significa "Grande Nome", embora seja a palavra japonesa para "Senhor Feudal") , cujas famílias agem como senhores do país. Embora como nobres dos outros países que são influentes, eles seguem o credo dos samurais e, portanto, não são estragados por sua riqueza e status; eles não usam dinheiro apenas para resolver seus problemas, e não se encolhem quando a classe menor usa força física, como demonstrou Kozuki Momonosuke, de oito anos de idade. A Família Kozuki, senhor de Kuri, tem vários servidores, até dois do país estrangeiro Zou.

Nobres NotáveisEditar

Veja também a categoria associada: Nobres.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.